sexta-feira, 9 de julho de 2010

The King of Fighters '95


The King of Fighters '95 (SNK, Neo Geo) - Lançado em 25 de Julho de 1995, é um jogo de luta produzido pela SNK para a sua placa de arcade e console caseiro Neo Geo. É uma sequência direta da KOF '94 e é o segundo jogo da série KOF. Também é o primeiro jogo da série que foi portado para consoles caseiros que não fossem da SNK, como o PlayStation, Sega Saturn e Game Boy. Um dos principais focos do jogo foi a introdução do personagem Iori Yagami, que se transformaria num dos personagens favoritos de toda a série.

Jogabilidade



São 5 modos de jogo disponívens no jogo. Além do clássico TB-S, agora você pode editar o seu próprio time com membros de outros em apenas um fazendo o seu time favorito. Escolha o seu time, a ordem e que a batalha comece!


SINGLE PLAY
(Single Fight Mode)

Escolha 1 personagem e lute contra o representante de cada time (8 no total). Nesse modo, você enfrenta apenas a CPU.

TEAM PLAY
(Team Fight Mode)

Lute uma batalha em times de 3 representantes. Nesse modo, você enfrenta apenas a CPU.

SINGLE VS
(Single Vs. Mode)

Selecione 1 personagem e lute. Aqui você enfrenta um oponente controlado por outro jogador.

TEAM VS
(Team Vs. Mode)
Lute uma batalha em times de 3 representantes. Aqui você enfrenta um oponente controlado por outro jogador.

SINGLE ALL
(Single Last Man Standing Mode)

Escolha 1 personagem e lute contra todos os personagens do jogo. Nesse modo, você enfrenta apenas a CPU.

CONFIGURAÇÃO


A Soco Fraco
B Chute Fraco
C Soco Forte
D Chute Forte

A+B Esquiva (aperte novamente durante a esquiva para contra-atacar rapidamente)
C+D Ataque Devastador (derruba o oponente no chão)
B+C Provocação (diminui a barra de poder do oponente)
A+B+C Carrega a barra de poder (segurando os botões)
A+B+C Ataque Assistido (apenas quando a sua saúde estiver menos do que a de seu oponente e você tiver um companheiro que não foi derrotado ainda do seu lado)

*Aperte esquerda e direita alternadamente quando estiver tonto para se recuperar rapidamente!


Isto é uma batalha em times!


  • Os primeiros membros devem lutar um contra o outro em lutas de apenas 1 round.
  • A força do vencedor será recuperada parcialmente de acordo com a sua performasse e o tempo sobrando. O vencedor irá então para a próxima luta.
  • A vitória será sua quando você derrotar o terceiro e último oponente. Lembre-se de que a estratégia é o mais importante para garantir a vitória.


Batalhas 1 contra 1 usam as regras normais do sistema de combate no qual a força se recupera totalmente após o fim de cada round. O primeiro que derrotar o seu oponente em 2 rounds, ganha. A jogabilidade básica se manteve intacta em relação à KOF '94, porém a adição da opção TEAM EDIT, que permite que o jogador faça o seu próprio time com qualquer um dos 24 lutadores foi a grande novidade.


História

O ano: 1995. Mais uma vez, os mais poderosos e perigosos lutadores do mundo recebem um convite para o torneio "The King of Fighters", e o convite vem do [R]!! Pode esse [R] ser o Rugal, o homem que todos achavam ter explodido junto com o seu cargueiro? Entre os competidores nesse novo torneio, estão alguns membros que derrotaram o time americano no torneio anterior, Billy, Yagami e Kisaragi.

Qual é o segredo de Billy? Quais as ambições de Kisaragi? E quais os objetivos do arqui-inimigo de Kyo Kusagani, Iori Yagami? Novos desafiantes juntam-se aos lutadores do torneio anterior, com exceção do time americano, e o torneio começa a ser tomado por uma grande conspiração.


Personagens

KOF '95 marca o início do arco histórico que depois ficaria como conhecido como "Saga Orochi". Entretanto, os únicos elementos da Saga Orochi conhecidos nesse jogo são a introdução do rival de Kyo Kusanagi, Iori Yagami, e o uso do poder de Orochi feito por Omega Rugal. Rubal Bernstein, que achava-se que havia sido morto na explosão do jogo anterior, conseguiu sobreviver e enviou convites para os times do jogo anterior com uma simples assinatura "[R]".

Apenas um time do jogo anterior falhou em entrar para o torneio, o American Sports Team, que foi substituido pelo "Rival Team" de Iori Yagami, Billy Kane (de Fatal Fury: King of Fighters) e Eiji Kisaragi (de Art of Fighting 2). Saisyu Kusanagi, pai de Kyo Kusanagi, aparece como um lutador pela primeira vez (tendo uma pequena aparição em KOF '94) como um sub-chefe controlado apenas pela CPU. Depois de derrotado, é revelado que Saisyu sofreu lavagem cerebral e que Rugal irá lutar mais uma vez, mas em sua versão melhorada chamada "Omega Rugal".


Times

Kyo Kusanagi "No fim, você é apenas uma chama se apagando, Yagami. Sinta o que o verdadeiro fogo é!"
Benimaru Nikaido "Hey gatas! Vejam os meus fantásticos movimentos!"
Goro Daimon "!"

Yuri Sakazaki "Eu odeio ter que te bater, mas eu vou ganhar!"
Mai Shiranui "O estilo ninjitsu Shiranui é o peso da minha força e beleza!"
King "É melhor você ir pra casa agora se você não quiser um encontro marcado com a dor!"

Iori Yagami "Kyo... Essas são as chamas da vingança do clã Yagami."
Eiji Kisaragi "Meus inimigos mortais, o Karatê Kyokugen! Considerem esse dia o seu último!"
Billy Kane "Eu sou mais do que o bastante para acabar com todos vocês bastardos! Prepare-se, Terry!"

Terry Bogard "The King of Fighters? Com um nome desse, ninguém vai ganhar o título além de nós!"
Andy Bogard "O quê? De novo? Bem, se formos lutar, me declare o vencedor agora."
Joe Higashi "É isso aí! Você irá enfrentar o talentoso Joe Higashi junto com uma tempestade!"

Ryo Sakazaki "Eu não sou chamado de dragão invencível à toa. Não vejo como posso perder."
Robert Garcia "Seu oponente é o poderoso tigre do Karatê Kyokugen! Venha aqui e se prepare para a luta da sua vida!
Takuma Sakazaki "Meu Karatê Kyokugen não pode perder!"

Athena Asamiya "Ninguém vai tomar o meu lugar como a superestrela lutadora e diva!"
Sie Kensou "Athena! Veja que legal os meus movimentos!"
Chin Gentsai "Eu me pergunto se a patroa está me observando."

Heidern "Se você quiser sair vivo dessa, terá de ganhar."
Ralf "Soldados tem o monopólio na vida e na morte!"
Clark "Eu arrancarei todo o seu orgulho com a minha força."

Kim Kaphwan "Eu darei as ordens! Faça exatamente o que eu disser!!"
Chang Koehan "Eu não vou mais seguir esse tal Mestre Kim mais."
Choi Bounge "Não torra o saco, Kim!"

Saisyu Kusagani

Omega Rugal


Cenários


México
Art of Fighting Team

Itália
Fatal Fury Team

Brasil
Ikari Team

Inglaterra
Women Fighters Team

China
Psycho Soldier Team

Coréia do Sul
Korea Team

Japão
Heroes Team

Estados Unidos
Yagami Team

Base Secreta de Rugal


Devenvolvimento

O projeto de KOF '95 se iniciou com o conceito da introdução de Iori Yagami como rival de Kyo Kusanagi. Assim sendo, os desenvolvedores deram à eles uma extensa relação desde habilidades similares a uma rivalidade antiga entre ambos os seus clãs. Durante os testes iniciais para determinar a popularidade do jogo, Iori foi o personagem que mais se destacou, e logo se transformou no personagem favorito dos desenvolvedores.

A criação do Rival Team foi um dos pontos que os desenvolvedores mais focaram, focando em seus movimentos e falas. O personagem Eiji Kisaragi veio do jogo Art of Fighting 2 e eles tiveram que ajustar grande parte dos seus golpes para balancear com os outros personagens. Seguindo esse jogo, vários  personagens de Art of Fighting foram aos poucos sendo removidos do jogo, com os desenvolvedores dizendo "graças ao sucesso de KOF".

O sub-chefe do jogo, Saisyu Kusanagi, não estava previsto para aparecer no jogo, uma vez que o time de desenvolvimento queria que ele morresse em uma das cutscenes da KOF '94, porém ele foi adicionado nos estágios finais de desenvolvimento do jogo e se transformou no sub-chefe. O personagem Geese Howard era pra ser selecionável no jogo, porém depois de várias considerações durante o desenvolvimento levaram a equipe a abandonar esse plano.

KOF '95 foi um dos primeiros jogos da SNK a serem portados para o PlayStation. Chad Osaka, um dos antigos membros da SNK, mencionou que foi um dos seus primeiros trabalhos. Ele falou que teve que melhorar o marketing para o lançamento nos Estados Unidos. Assim sendo, ele adicionou novas opções ao jogo que não estavam presentes na versão original Japonesa, como a seleção de fases e uma correção da tradução do jogo, que era um dos grandes problemas da versão Neo Geo.


Versões Lançadas

A Versão caseira para Neo Geo AES foi lançada em 01 de Setembro de 1995, enquanto a do Neo Geo CD chegou no dia 29 daquele mês. Um port da versão Neo Geo foi adicionado ao Virtual Console do Nintendo Wii em 01 de Dezembro de 2009 no Japão, 26 de Abril de 2010 nos Estados Unidos e em 30 de Abril de 2010 na Europa. Essa versão foi um pouco modificada: o sangue foi removido e Mai não tem o balanço dos seios. Para ativar as animações cortadas, só através de um código exclusivo dessa versão.

Em 26 de Março de 1996 o jogo chegou ao Sega Saturn com um cartucho de memória ROM embalado junto com o disco do jogo, que foi lançado também na Europa pela própria Sega. Essa versão foi relançada 2 vezes no console da Sega: uma em 1997 no pack "The King of Fighters 95-96 Plus", que acompanhava em um box os 2 jogos separados e seus cartuchos de ROM/RAM, e em 1998 no pack "The King of Fighters Collection", do mesmo jeito do acima só que com 3 jogos e 2 cartuchos de ROM/RAM.

Em 28 de Junho de 1996 foi a vez da versão para PlayStation ser lançada no Japão, 31 de Outubro de 1996 nos Estados Unidos e em Junho de 1997 na Europa. As versões ocidentais foram publicadas pela Sony e traziam uma trilha sonora que havia uso do formato Redbook Audio. Essa versão chegou a ser relançada no selo "PlayStation the Best" no Japão em 38 de Março de 1997 e no serviço "PSOne Classics" da PlayStation Network em 31 de Maio de 2007.

Uma versão Game Boy do jogo foi lançada 26 de Abril de 1996 no Japão como "Nettou The King of Fighters '95" e foi publicado pela Takara por lá, enquanto a própria Nintendo publicou o jogo nos Estados Unidos em Fevereiro de 1997 e a Laguna Games logo em seguida na Europa. O jogo era compatível com o Super Game Boy e introduzia a personagem Nakoruru da série Samurai Shodown como uma personagem secreta.

O jogo também foi incluso nas coletâneas "The King of Fighters Orochi Collection (NeoGeo Online Collection Vol. 3)" exclusivamente no Japão e para PlayStation 2 em 30 de Abril de 2006, relançada novamente em 31 de Junho de 2007 e na coletânea "The King of Fighters Collection: The Orochi Saga", lançada em 28 de Outubro de 2008 para PlayStation 2 e PSP e em 02 de Dezembro daquele ano no Nintendo Wii.


Algumas screens e videos do jogo


Neo Geo:



Sega Saturn:



PlayStation:




Game Boy/Super Game Boy:




Recepção

KOF '95 recebeu o título de Melhor Jogo de Neo Geo de 1995 pela revista EGM em 1996. Durante a semana de lançamento, a versão para Sega Saturn vendeu 135.214 cópias no Japão. Em sua recontagem final de jogos em 2004, essa versão tinha 257.294 cópias vendidas. Segundo o site GameRakings, a versão PlayStation tem uma média de 68,60%, enquanto a do Neo Geo tem 78,75% e a do Game Boy tem média 62%.

Em várias publicações de vídeo-games, apesar de elogiarem as novas funções do jogo, criticaram pelo seu fraco design em comparação a outros jogos de luta lançados no mesmo ano. O site IGN deu ao jogo nota 5.0 na versão PlayStation criticando que os personagens não tinham uma jogabilidade com resposta rápida e "mesmo que seja tão difícil executar os golpes, não é impossível". Entretanto eles acharam o jogo "aproveitável", dizendo que ele tem "um visual 2D em anime que todo mundo ama".

Jeff Gerstmann do site GameSpot deu ao jogo nota 5.3, também criticando os tempos de carregamento da versão PlayStation assim como o jogo frequentemente precisa deles, mesmo entre rounds. A versão do Sega Saturn não tinha tempos de carregamento devido ao cartucho de ROM que vinha com o jogo. O site Game Revolution deu ao jogo nota C+, notando que o jogo é bem aproveitável mas ainda assim não era tão bom quanto outros jogos de luta lançados naquela ano na América do Norte. Entretanto, eles criticaram o sistema de luta do jogo, dizendo que é muito similar a outros títulos da SNK como Fatal Fury e Art of Fighting.

O site 1UP.com gratificou a introdução de Omega Rugal, falando que ele é "um dos mais estilosos chefes já feitos no mundo dos jogos de luta", apesar de que os jogadores podem odiá-lo devido a alta dificuldade em derrotá-lo.

O site IGN comentou que o design e habilidade dos personagens eram similares à Street Fighter Alpha. Jeff Gerstman reclamou que os personagens tinham movimentos pouco interessantes assim como sprites pixelados. Já o 1UP.com gratificou o design dos personagens e a adição da opção TEAM EDIT, fazendo o jogo uma boa competição com Street Fighter Alpha. Porém, o site Game Revolution gostou do grande número de personagens controláveis e as várias opções presentes no jogo como as lutas em time e os golpes especiais.


Galeria de Capas

A versão Neo Geo dessa vez ocupou um cartucho de 250MEGS, 54 a mais que a KOF '94.
Se não fosse pelos loadings absurdamente longos, a versão Neo Geo CD seria a definitiva do jogo.
Apesar de não conter tempos de carregamento, a versão Sega Saturn do jogo trazia músicas iguais a versão cartucho.
A própria Sega lançou KOF '95 para Saturn na Europa. Chegou a ser cogitado um lançamento nos Estados Unidos mas nunca saiu do papel.
Devido aos bons números de vendas da série no console, a SNK relançou o jogo duas vezes no Saturn.
Pack definitivo da série no Sega Saturn. 3 jogos e os 2 cartuchos de ROM/RAM em apenas 1 embalagem para colecionadores.
Um dos primeiros jogos da SNK no console da Sony, a caminhada ainda seria longa até a série conseguir se ajustar neste console.
A versão americana do PlayStation ganhou uma revisão de ortografia, opções exclusivas e um menu adaptado para o console.
Relançado no Japão, não se sabe ao certo quantas cópias de KOF '95 foram vendidas no console da Sony.
Coletânea para PlayStation 2 exclusiva para o Japão com os 3 jogos da Saga Orochi com modo VS online. O jogo foi relançado no ano seguinte.
Edição de colecionador da coletânea trazia uma réplica do controle original do Neo Geo para o console da Sony.
A série "Nettou" foi um sub-selo da Takara de adaptações de jogos da SNK para o público infantil do portátil da Nintendo. Vários outros jogos como World Heroes, Fatal Fury e Samurai Shodown também foram lançados.


Flyers

´





Mídia Relacionada

A Trilha Sonora do jogo, The King of Fighters '95 (PCCB-00187), e a trilha sonora rearranjada, The King of Fighters '95 Arrange Sound Trax (PCCB-00189), foram lançadas pela Pony Canyon.

Livros de Guia, The King of Fighters '95 Graphical Manual (GMC-14) pela Shinseisha, The King of Fighters '95 Neo Geo Hisshou Hou Special (ISBN 4-7669-2384-7) pela Keibunsha e The King of Fighters '95 Perfect Guide Book (ISBN 4-88199-246-5) pela Shinseisha foram lançados.

Coleções de Yonkomas foram lançadas, The King of Fighters '95 4-Koma Ketteiban (ISBN 4-88199-202-3) e The King of Fighters '95 4-Koma Ketteiban Side 2 (ISBN 4-88199-217-1), criadas por fãs e artistas profissionais, publicado pela Shinseisha.

Video em VHS The King of Fighters '95 (ISBN 4-88199-214-7) pela Shinseisha.

Guias de Arte, The King of Fighters '95: Official Guide Book for the Ultimate Fighters (ISBN 4-89366-416-6) pela Aspect e The King of Fighters '95 Complete Manual pela Shinseisha também foram lançados.
Uma pequena compilação em mangá The King of Fighters '95 Comic Anthology (ISBN 4-88199-213-9), criada por vários artistas, foi publicado pela Shinseisha.


Artwork

Hero Team


Women Fighters Team


Rival Team



Fatal Fury Team


Art of Fighting Team


Psycho Soldier Team


Ikari Team


Korea Team


Saisyu Kusanagi


Omega Rugal



Finalizando

E por hoje é só. Acredito que as várias reclamações feitas ao jogo durante o seu lançamento é porque ele não foi muito longe do seu antecessor, o que foi adicionado à ele foram apenas idéias que os jogadores reclamaram no lançamento anterior e não houve realmente uma melhora significativa nos gráficos e na trilha sonora, embora a história da série tenha começado a ficar interessante aqui. Foi a partir da KOF '95 que a SNK viu que os seus fãs gostavam mais dessa série do que Fatal Fury e acabou colocando a segunda série em segundo plano depois disso.

Para o próximo lançamento, a SNK iria reformular quase que inteiramente o jogo. Nova jogabilidade, gráficos um pouco diferentes, trilha sonora mais marcante, tudo o que a série precisasse para continuar sendo o carro-chefe e principal do jogo da empresa naquele momento, até hoje pode-se dizer. É no próximo jogo que vários segredos sobre a Saga Orochi são revelados, inclusive a origem dos poderes dos personagens principais do jogo e um pouco mais da rivalidade entre eles! Espero que vocês tenham curtido esse post e voltem na semana que vem para curtir KOF '96!

Sigam-me os bons... \o\~~~~~~~~~~~~

7 comentários:

  1. KOF 95. Mudanças pra melhor! KOF pra sempre

    ResponderExcluir
  2. Galera na escolha dos lutadores , escolhi a opcao yes ou no para os bonecos individuais

    ResponderExcluir
  3. Galera na escolha dos lutadores , escolhi a opcao yes ou no para os bonecos individuais

    ResponderExcluir
  4. Há um tempinho que não jogo KOF, pra ser mais exato uns 10 anos, por "n" motivos. O último que joguei foi o 2002.
    E há uns dois ou três meses +/- venho acompanhando noticias e videos sobre a série devido ao lançamento do KOFXIV, mas infelizmente hoje estou sem grana pra investir em um video game, quiçá num PS4, mas ainda vou voltar a ter um.
    Revendo a trajetória de KOF para poder compreender todo novo cenário que está se desenhando a partir de KOFXIV, me veio à mente se o olho e a mão biônica de Ômega Rugal não são tecnologia NESTS? Até hoje nunca encontrei uma explicação plausível para esses artefatos do Rugal.
    Ou os negócios de Rugal seriam concorrência aos NESTS? Teria Rugal trabalhado em conjunto com os NESTS para roubar informações, projetos e tecnologia bélica?
    Sabe responder alguma dessas, João?

    ResponderExcluir
  5. Como sempre as versoes do Sega Saturn são as melhores e venderam mais , fico muito feliz com isso pois o saturn é meu console favorito.

    ResponderExcluir