quinta-feira, 17 de março de 2011

Lost in Shadow


Pra quem ainda não ouviu falar: Lost in Shadows é o último jogo da Hudson. Ela já havia sido comprada pela Konami em 2006 mas agora a mesma decidiu unir as duas empresas em uma só e tudo pertencente a Hudson, incluindo os jogos da série Bomberman no qual ela ficou mundialmente famosa, agora pertencem inteiramente a Konami. Sem mais lenga-lenga, LiS é um jogo de plataforma 2D que vem com bastante puzzles pra serem resolvidos em ordem de avançar no jogo.

O objetivo é teoricamente simples: no seu caminho há uma barreira bloqueando o caminho. Pra passar por essas barreiras, você deve coletar 3 itens que estão espalhados pelo cenário, sendo que para alcança-los você deve resolver pequenos puzzles como mover plataformas, rotacionar o mapa na direção que você deseja e/ou transpassar um portal que contém um desafio dentro. Assim que você coleta os 3 itens, você vai até a barreira e ela se desfaz, abrindo caminho para o próximo desafio.

Uma coisa eu tenho que explicar pra vocês entenderem o porque desse jogo ser único: nesse jogo, como o próprio titulo sugere, você controla apenas a sombra do personagem. Logo no começo do jogo tem uma ceninha que mostra um garoto no topo de uma torre encima das nuvens preso a um torniquete e vem uma espécia de demônio e corta a sua sombra do seu corpo e a atira lá do alto da torre. O objetivo do jogo é você retornar a essa torre, subir até o último andar, derrotar esse demônio e voltar ao seu corpo. Parece simples mas não é.

Na aventura você é acompanhado por uma borboleta e você a controla com o Nunchuk, apontando para os obstaculos que podem ser movidos então ai você aperta "B" para realizar a ação necessária. Vários puzzles são resolvidos por posicionar o personagem em uma certa plataforma e mexe-la até que ele esteja numa altura suficiente pra alcançar à outra, então os dois trabalham juntos pra vencer os desafios. O personagem tem uma barra de vida, que é aumentada cada vez que você fala com umas estátuas que além disso te dão dicas de como vencer os desafios. A medida de vida é o peso da sua alma, quanto mais longe você vai chegando mais sua alma vai ficando consistente e forte.

Quanto aos portais, eles aparecem pelo cenário e você é obrigado a entrar neles e vencer o desafio porque eles são uma das poucas maneiras de encher a sua barra de vida, mas caso a sua barra esteja completa você tem a opção de simplismente pular o desafio e o portal não aparece mais. Há também partes que há uma luz brilhando e você usa o D-Pad do Wii Remote para rotacionar o cenário na direção que você desejar. Por exemplo: você chegou num beco sem saída e tem essa luz, então basta rotacionar para a direita que apareça uma plataforma logo encima de você para continuar o caminho; agora tem que se tomar muito cuidado pra não virar pro lado errado e ficar perdido no mapa.

Mas, infelizmente, nem tudo são flores: a trilha sonora é um pouco repetitiva e na maioria das vezes passa bastante despercebida já que a música é bem amena e baixinha, eles deveriam ter dado um trabalho de som mais adequado dada a tamanha variedade dos desafios e a exuberancia dos efeitos de sombra do jogo. Efeitos estes que infelizmente por estarem em resolução muito baixa em uma TV de LCD/Plasma irão ficar bastante serrilhados mesmo com o cabo componente, porque o jogo não tem suporte a Progressive Scan. Pra se ter uma idéia: a resolução normal do Wii é 640x480i, podendo chegar até 720x480p com o video componente, mas esse jogo ele tem resolução de 355x222 uma resolução muito baixa até mesmo pros padrões do Wii.

Recomendo para os fãs assiduos de jogos de plataforma que mistura com puzzles, àqueles jogadores mais apressadinhos que gostam de ação e derrotar bastante inimigos pelo caminhos passem longe porque a aventura aqui é mais solitária e silenciosa.


Algumas screenshots e videos do jogo:





E por hoje é só. Eu sei que venho enrolando pra lançar o post do Street Fighter II, mas sem falta na semana que vem. To postando rapidamente porque eu ando meio ocupado esses dias e espero que tenham gostado do review sobre um jogo atual com cara de retro.

Sigam-me os bons... \o\~~~~~~~~~~~~

Um comentário:

  1. como de costume ótimo postagem, Nice Game, recomendo *_*, o/

    ResponderExcluir