sábado, 3 de julho de 2010

The King of Fighters '94 Re-Bout


The King of Fighters '94: Re-Bout (SNK Playmore, PlayStation 2) - Lançado em 28 de Dezembro de 1994, Re-Bout é uma edição comemorativa de 10 anos da série KOF que foi lançada apenas no Japão e exclusivamente para o PlayStation 2. O jogo inclui a versão original do Neo Geo e a nova Re-Bout com gráficos em alta resolução. Uma versão para Xbox estava prevista para Março de 2006 nos EUA e Europa, porém foi cancelada.


Visão Geral

Re-Bout apresenta a versão original de 1994, além da nova versão melhorada com gráficos em alta resolução, opção de jogar com times editados (o que não era possível na versão original) e a habilidade de jogar com Saisyu Kusanagi e Rugal Bernstein, os 2 chefes do jogo. Além disso, o jogo trazia a trilha sonora rearranjada e um modo VS online completava o pacote.

A SNK Playmore recebeu muitas reclamações dos fãs devido ao uso de sprites reutilizado em upscaling (aumentados) e os novos detalhes adicionados à eles, então eles decidiram criar novos sprites em alta resolução para os futuros lançamentos da série. Uma versão Norte-Americana do jogo estava para ser lançada para o Xbox. O jogo chegou a ser concluído e até mesmo analisado por algumas revistas, mas foi cancelado em 23 de Março de 2006 por razões desconhecidas até o momento.


Recepção

Esse jogo acabou refletindo um pouco no futuro da SNK: para os seus 2 próximos lançamentos, que foram a KOF Neowave e a KOF XI, a SNK decidiu recriar os sprites do 0 com os novos recursos da placa Atomiswave, ao invés de utilizar as versões em alta resolução dos sprites antigos. Outra coisa utilizada no jogo que acabou refletindo no futuro dos jogos foi a esquiva que se movimentava para trás do cenário, que foi abandonada completamente pela empresa.

Do lado bom, esse formato de relançamento voltaria a ser reutilizado em 2008 para o The King of Fighters '98: Ultimate Match e em 2009 para o The King of Fighters 22: Unlimited Match. Nesses lançamentos, ao invés de utilizar os tais sprites, seriam usados os antigos, porém com mais animações, e no caso da 2002 UM, todos os cenários seriam inteiramente novos, enquanto na 98 UM podia-se usufruir de alguns estágios clássicos feitos em novos gráficos.

O número de unidades vendidas foi tão baixo que esse é um dos poucos jogos da SNK que não se tem números precisos no Japão. Por lá, eles sempre mantém uma contagem muito precisa de todos os seus jogos, o problema é no ocidente que eles parecem não ligar muito.


Um exemplo dos sprites em alta resolução



Algumas Imagens e Videos do Jogo







Jogo Completo



Artwork

Team Japan

Team Italy

Team Mexico

Team England

Team America


Team Brazil

Team Korea


Team China





Papéis de Parede

Team Japan

Team Italy

Team Mexico

Team England

Team America

Team Brazil

Team Korea

Team China


Finalizando

Infelizmente, a SNK não conseguiu cativar os fãs na sua primeira edição comemorativa.

E por hoje é só. Por mais que as intenções tenham sido as melhores, a SNK Playmore não conseguiu entregar um produto final que fosse tão memorável quanto o original, sendo este apenas direcionado aos fãs mais roxos da franquia. Um ponto bom em alguns jogos desse tipo é que em alguns casos (como este) a empresa acaba aprendendo com os seus erros e tratam de corrigir isso nos seus próximos jogos - felizmente, esse foi o caso da SNK Playmore. 

Na semana que vem, eu volto pra falar sobre The King of Fighters '95, a primeira parte da Saga Orochi. O que começou como um jogo de luxo para o Neo Geo CD, iria se tornar algo muito maior do que a SNK esperava e acabaria virando o seu carro chefe até hoje. Espero que vocês tenham curtido e voltem na semana que vem pra curtir mais um!

Sigam-me os bons! \o\~~~~~~

Nenhum comentário:

Postar um comentário