quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Street Fighter III 2nd Impact: Giant Attack


Street Fighter III: 2nd Impact - Giant Attack (Capcom, CPS-III) - Lançado em 30 de Setembro de 1997, é o segundo fascículo de Street Fighter III que trouxe consigo melhoras em todos os departamentos em relação ao anterior. Os vários easter-eggs encontrados por quem "fuçou" os sprites perdidos e não usados no jogo anterior, são encontrados finalmente em uso aqui.

História

O enredo de 2nd Impact remete ao primeiro jogo, porém expande os eventos. Não há um guia oficial do que acontece, apenas quem desafia quem e o que acontece depois:

Sean desafia Ryu sob a tutela de Ken e perde. Ibuki se infiltra no Quartel General dos Illuminati e obtem arquivos sobre o G-Project, dado pessoalmente por Gill que está despreocupado porque o projeto já está em andamento. Necro enfrenta Gill pelo que o G-Project fez ao mesmo mas Gill o encurrala em um deposito e tenta explodir o lugar mas Effie salva ele no último segundo.

Ryu é derrotado por Oro, que o leva como estudante. Então Oro deixa o torneio porque conseguiu achar o que ele procurava, o mesmo fez Ken que saiu porque não poderia enfrentar mais Ryu. Alex vai em frente e ganha o torneio, derrotando Gill. Urien então desafia Gill pela presidência dos Illuminati e ganha, porém Gill é promovido a "Imperador".


Jogabilidade

Foram introduzidas pequenas novidades ao sistema do jogo. Além da Super Art, agora é possivel utilizar uma versão um pouco mais poderosa dos Special Moves chamada "EX Specials". Gastando um pouco da barra de especial, você pode aumentar o dano dos seus Special Moves fazendo o golpe com 2 ou 3 botões ao invés de apenas 1 - bastante similar ao Super Special Moves da versão caseira de Street Fighter: The Movie.

Outra das novas habilidades são as "grap defense", a habilidade de escapar de um agarrão, e a "personal action", uma provocação específica para cada personagem. Cada uma das provocações irá beneficiar o jogador se feita com sucesso. Por exemplo: a de Ryu diminui a barra de Stun. A última mudança é que quando um segundo jogador entra pra desafiar o outro no meio de uma jogada, o primeiro jogador pode escolher mudar a sua Super Art.

O modo single-player também recebeu pequenas mudanças: agora você irá enfrentar 9 ao invés de 7 oponentes e nem sempre Gill será o último (alguns personagens tem os seus próprios objetivos) e acontece um pequeno dialogo antes da luta. Se alguns critérios forem cumpridos, você também irá enfrentar Akuma ou Shin Akuma durante o percurso.

Os bônus também estão de volta em 2nd Impact, coisa que não se via desde Super Street Fighter II. No final da terceira luta contra a CPU, o jogador participa de um mini-game chamado "Parry the Ball", que consiste em uma prática de habilidades do parry contra uma série de bolas de basquete que são atiradas por Sean.


Personagens

2nd Impact trouxe de volta todos os personagens do primeiro jogo e introduziu dois novos: Hugo e Urien. Yang, que era uma versão alternativa de Yun no primeiro jogo, virou um personagem com características próprias. Akuma também retorna como um personagem secreto e um desafiante pela parte da CPU, fazendo com que tenhamos 14 personagens à escolha.

Em adição ao Akuma normal, ainda temos uma versão não controlável dele chama Shin Akuma, que aparece apenas se certas circustânceas forem cumpridas.


Retornando da versão anterior:

Alex - Dublado por: Michael Summers
O protagonista de Street Fighter III. Ele luta com golpes de curto alcance e rápidos ataques curtos. O objetivo dele é vingar o seu amigo Tom que foi derrotado por Gill.

Dudley - Dublado por: Bruce Robertson
Um elegante boxeador britânico que está tentando recuperar um carro antigo que foi roubado por Gill.

Elena - Dublada por: Hotaru Fujino
Uma princesa africana que usa o estilo da capoeira. Ela procura fazer novos amigos no torneio.

Ibuki - Dublada por: Yuri Amano
Uma aspirante a ninja cujo torneio é parte do seu exame final. Ela é bem rápida e agil.

Ken - Dublado por: Koji Tobe
Sabendo que Ryu entrou no torneio, ele entra também para testar suas habilidades contra o seu velho amigo.

Necro - Dublado por: Michael X. Sommers
Um homem russo que foi sequestrado e usado como experimento no projeto Illuminati chamado "G-Project". Ele anda com Effie, sua companheira.

Oro - Dublado por: Kan Tokumaru
Um eremita que procura um lutador digno de herdar o seu estilo de luta. Ele amarra um de seus braços enquanto luta, para impedir que mate acidentalmente o seu oponente - menos quando ele utiliza uma de suas Special Arts.

Ryu - Dublado por: Wataru Takagi
Como sempre, Ryu entra no torneio para melhorar suas habilidades e encontrar oponentes dignos.

Sean - Dublado por: Isshin Chiba
Um jovem lutador brasileiro que foi treinado por Ken, ele procura melhorar as suas habilidades e provar que é forte.

Yang - Dublado por: Wataru Takagi
Yang é um veterano lutador de Kung Fu de Hong Kong. Em "Giang Attack" foi a primeira vez que ele era um personagem solto na tela de seleção de personagens e tinha seus próprios golpes.

Yun - Dublado por: Koji Tobe
Um lutador convencido que junto com Yang protege a sua cicade em Hong Kong. Ele é uma pessoa bem carismática que gosta de fazer as coisas do seu próprio jeito.

Gill - Dublado por: Bruce Robertson
O lider de uma organização conhecida como Illuminati, que quer recuperar o equilibrio do mundo. Ele pode manipular o fogo e o gelo.

Novatos na briga:

Akuma (US/EU) / Gouki (JP) - Dublado por: Tomomichi Nishimura
Aparece como um personagem secreto e uma segunda versão não-jogável, "Shin Akuma", exclusiva do Dreamcast. Sua aparição é meramente representativa, sem nenhuma história de fundo ou objetivo.

 Hugo - Dublado por: Wataru Tagaki
Um wrestler profissional que quer achar um parceiro para lutar em duplas. Ele é acompanhado em várias ocasiões pelo seu empresário, Poison. Ele é baseado no personagem de Final Fight, "Andore", que é uma homenagem ao lutador André the Giant. Hugo estava planejado pra aparecer no primeiro, como as evidencias encontradas apontam - sprites dele estavam no primeiro jogo, assim como seu próprio estágio.

Urien - Dublado por: Yuji Ueda
Irmão mais novo de Gill, bastante cruel e que quer tomar a Illuminati para ele. Ele pode manipular a eletricidade e metais.


Estágios

Adicionando aos elementos já introduzidos na versão anterior, algumas fases ganharam objetos que podem ser quebrados caso o oponente receba um ataque e caia sobre o objeto denominado no cenário. Coisa que não se via desde Street Fighter II. Alguns personagens receberam novos estágios, enquanto alguns tiveram os seus reformulados e/ou expandidos. Esses novos cenários foram muito bem trabalhados, utilizando até alguns gráficos poligonais pra dar mais vida aos mesmos.

Akuma

Alex

Dudley

Hugo

Ibuki

Ken

Necro

Oro

Ryu

Sean

Urien

Yang

Yun

Gill


Imagens e videos da versão Arcade:





Versões Lançadas


Como no jogo anterior, 2nd Impact sofreu da mesma síndrome: não haviam consoles caseiros na época que comportavam o jogo e acabou saindo apenas para Dreamcast quando o mesmo foi lançado no final de 1998. A versão para ele novamente trazia a vantagem de já habilitar os personagens não controláveis do Arcade (Gill e Shin Akuma) e deixa-los salvos, assim como a trilha sonora mais limpa e nítida.

Gameplay da versão Dreamcast:



Galeria:








E por hoje é só. Antes de fazer a conclusão, eu só queria destacar alguns pequenos pontos que podem ser notados nessa releitura do jogo: alguns dos especiais escolhidos aqui tem mais barras do que em SFIII:NG, as imagens pós-batalha são as mesmas, porém algumas frases foram modificadas melhorando um pouco a tradução, as músicas foram remixadas pelo mesmo DJ que fez a primeira versão, ganhando um pouco mais de vida mas mesmo assim não estavam muito boas.

Outra coisa que vale mencionar é que os finais são exatamente iguais ao da primeira versão, fazendo com que os únicos inéditos sejam daqueles personagens que não estavam no jogo anterior - e dependendo da sua pontuação no jogo, você enfrentará o seu rival, Akuma ou ninguém durante o caminho até Gill. Era isso que tinha pra falar. Infelizmente não tem nada de realmente útil pra acrescentar visto que o upgrade em si foi bem pequeno, mas vale a pena ressaltar em 1 post para que vocês possam ver o esforço na empresa em corrigir os seus erros.

Na semana que vem eu trago pra vocês a derradeira versão de Street Fighter III assim como a sua versão online que foi lançada recentemente na XBLA e na PSN para os consoles atuais. Deixo aqui mais uma vez o muitíssimo obrigado ao usuário "carachapadu" do fórum SNK Neo-Fighters que mais vez emprestou-me suas habilidades de editor de sprites e montou algumas das fases que você pode ver ali encima no post. É isso ai, vejo vocês na semana que vem!

Sigam-me os bons! \o\~~~~~~

4 comentários:

  1. Bacana... a Capcom já estava aprimorando suas idéias de lançar 74823974239 versões de um mesmo jogo adicionando algo cá e tirando algo lá. Por sorte não existiam os DLC nessa época.
    Próximo post verei então a versão que conheci.

    ResponderExcluir
  2. Impressionante, bem completo o artigo. Pena que joguei pouco SFIII.
    Muito boas as montagens dos cenários.

    ResponderExcluir
  3. bacana o Post, para mim, o melhor Street Fighter já feito foi o 3 mesmo. e gosto de jogar com o Urien...tá certo que ele usa uma tanga, mas como me cansei do Ryu e Ken. vou com ele e mando bem nos combos.

    Prepare for Die!! Aegis Reflector!!!

    ResponderExcluir