sexta-feira, 21 de abril de 2017

Mega Man X3

 

Mega Man X3 (Capcom, Super Nintendo) - Lançado em 01 de Dezembro de 1995, Mega Man X3, foi lançado como Rockman X3 (ロックマンX3) no Japão e é um jogo da Capcom desenvolvido inicialmente para o Super Nintendo. Chegou ao ocidente em 1996 e é o terceiro jogo da série Mega Man X, sendo também o último título da série à ser lançado no Super Nintendo. MMX3 se passa em um futuro fictício aonde o mundo é habitado por humanos e robôs inteligentes chamados de "Reploids". Assim como os seus criadores humanos, alguns Reploids se envolvem em crimes destrutivos e são marcados como "Mavericks". Depois de derrotar 2 vezes o líder dos Mavericks, Sigma, os heróis X e Zero devem lutar contra um Reploid cientista chamado Dr. Doppler e a sua utopia de seguidores Maverick.

MMX3 segue a tradição de ambas séries Mega Man original e Mega Man X como um jogo de ação-plataforma padrão. É necessário progredir em uma série de 8 fases em qualquer ordem coletando vários power-ups e obtendo a arma especial de cada chefe de fase. Mega Man X3 é o primeiro jogo da série no qual Zero é um personagem controlável (mesmo que de forma limitada) além de X. Assim como o seu antecessor Mega Man X2, X3 apresenta o chip Cx4 para permitir gráficos vetoriais 3D limitados e efeitos de transparência. Uma versão 32-bit de MMX3 foi lançada no PlayStation, Sega Saturn e Windows em vários países. Essa versão foi incluída na coletânea norte-americana Mega Man X Collection em 2006. Uma versão para 3DO chegou a ser desenvolvida e completada para lançamento simultâneo com o PlayStation e Saturn, mas por alguma razão a Capcom decidiu cancelar o lançamento na última hora e essa versão se tornou uma das maiores raridades da série Mega Man X. O jogo também foi lançado para celulares japoneses em 2010.

Os críticos receberam Mega Man X3 com notas acima da média. Entretanto, o jogo, particularmente a versão 32-bit, recebeu diversas críticas pela falta de melhorias na série. A Capcom anunciou que MMX3 iria ser lançado no Virtual Console do Nintendo Wii U em 2014. Foi finalmente lançado em 28 de Agosto de 2014 na América do Norte, 08 de  Outubro de 2014 no Japão e na Europa em 06 de Novembro de 2014. Em 10 de Novembro de 2016 foi a vez do New Nintendo 3DS receber o jogo na sua loja virtual.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Mega Man X2


Mega Man X2 (Capcom, Super Nintendo) - Lançado em 16 de Dezembro de 1994, MMX2 é um jogo desenvolvido pela Capcom para o Super Nintendo. Foi lançado primeiramente no Japão como Rockman X2 (ロックマンX2) e chegou em 1995 nos Estados Unidos e Europa. O jogo se passa em um futuro próximo aonde os humanos tentam coexistir pacificamente com robôs inteligentes chamados "Reploids", com alguns desses Reploids virando "Mavericks" e ameaçando as suas vidas diárias. A história segue o protagonista androide "X", um "Maverick Hunter" que salvou a humanidade do malvado Sigma 6 meses atrás. Um trio de Mavericks chamados de "X-Hunters" apareceu e, com a intenção de destruir X, preparam uma armadilha para ele com as partes da armadura de Zero, que morreu no conflito com Sigma.

MMX2 trás os mesmos elementos de ação-plataforma do primeiro jogo da série, seguido o estilo tradicional de jogabilidade da série Mega Man original. É necessário completar uma série de fases destruindo os inimigos, obtendo vários power-ups e ganhando a arma especial de cada chefe de fase. Como no primeiro Mega Man X, é possível usar o escorregão, escalar paredes e obter acesso à habilidades especiais via peças de armaduras opcionais. MMX2 é graficamente similar ao seu predecessor também, mas a Capcom incluiu o chip de processamento Cx4 no cartucho para permitir efeitos 3D via wireframes. O time de desenvolvimento foi instruído à utilizar essa tecnologia o máximo que pudessem quando estavam trabalhando no jogo.

A representação e a jogabilidade de Mega Man X2 foram os quesitos mais elogiados pelos críticos. Entretanto, eles se sentiram desanimados com a falta de mudanças significativas em relação ao primeiro jogo da série. Mega Man X2 foi incluído na coletânea Mega Man X Collection para Gamecube e PlayStation na América do Norte em 2006. O jogo também foi lançado em celulares japoneses em 2008 e 2009 e no mundo inteiro no Virtual Console em 2011/2012 no Nintendo Wii e em 2013/2014 no Nintendo Wii U.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Mega Man X


Mega Man X (Capcom, Super Nintendo) - Lançado em 17 de Dezembro de 1993, MMX é um jogo de uma nova série desenvolvida pela Capcom para o Super Nintendo e foi o primeiro jogo da franquia Mega Man para um console 16-BIT, além de ser o primeiro título da série Mega Man X, um "spin-off" da série Mega Man original que foi lançada anteriormente no NES. Intitulado "Rockman X" (ロックマンX) no Japão, o jogo foi lançado primeiramente lá e só chegou no ocidente no ano seguinte.

A história do jogo se passa um século após a série Mega Man original. MMX se passa em um mundo futurístico habitado por humanos e "Reploids", robôs capazes de pensar, sentir e crescer como seus criadores humanos. Por causa desses atributos complexos, vários Reploids são capazes de causar destruição, atividades criminosas e quando fazem isso passam a ser chamados de "Mavericks". O protagonista do jogo, Mega Man X, é um androide membro de uma força especial militar chamada "Maverick Hunters". Com a ajuda de seu parceiro Zero, X deve interromper os planos de Sigma, um poderoso líder Maverick que deseja trazer um fim à humanidade.

Com a transição para um hardware mais avançado, o artista Keiji Inafune explicou na época que o desenvolvimento de MMX envolveu reinventar Mega Man através de uma jogabilidade mais complexa e uma história mais madura, enquanto se tentava manter os conceitos básicos nos quais a franquia se consolidou. Assim como os jogos que vieram antes deste, MMX é um jogo de ação/plataforma padrão aonde é necessário completar 8 fases iniciais na ordem que lhe convém. Derrotando o "chefe" no final de cada fase que garante ao jogador uma nova arma quando é derrotado e pode ser utilizada no resto da campanha.

O título também adiciona uma gama de novidades e mudanças radicais da série original assim como a possibilidade de "dash" no chão, escalar muros e obter melhoramentos para a armadura principal que garante novas habilidades.

Mega Man X foi recebido com críticas positivas pela sua jogabilidade, músicas e gráficos, assim como a sua tentativa de renovar a "envelhecida" franquia Mega Man. Com o grande sucesso comercial do título no SNES, ele foi subsequentemente adaptado para PC (DOS) e dispositivos móveis, além da coletânea Norte Americana "Mega Man X Collection" para Nintendo Gamecube e PlayStation 2 e os relançamentos digitais no serviço Virtual Console para Nintendo Wii e Wii U. Um remake foi lançado para PSP chamado "Mega Man: Maverick Hunter X" no ocidente e "Irregular Hunter X" no Japão.