quinta-feira, 13 de setembro de 2012

International Superstar Soccer Deluxe



International Superstar Soccer Deluxe (Konami, Super Nintendo) - Lançado originalmente em 22 de Setembro de 1995 sob o título "Jikkyou World Soccer 2: Fighting Eleven" no Japão, é um jogo de futebol que foi lançado primeiramente no Super Nintendo e é continuação do primeiro International Superstar Soccer. Ele trouxe uma série de novidades que deixaram o jogo ainda mais rápido, bem animado e com som melhor também, mas nem todos os fãs preferem esse ao primeiro.

Gráficos

As animações receberam um cuidado muito maior nesta continuação. A base usada foi a mesma, porém os sprites receberam um maior cuidado e ganharam mais quadros também. Dessa vez, o grande foco foi na reprodução de grandes celebridades do futebol, como Valderrama, Roberto Baggio, Fabrizio Ravanelli e Yordan Letchkov, mas usando nomes ficticios (Murillo no caso de valderrama e Capitale no caso de Batistuta).

Na hora de fazer uma substituição no meio da partida, também foi adicionada uma pequena ceninha aonde aparece o 4º juiz com a placa do número do jogador que vai entrar e do que vai sair na beirada do campo, enquanto o jogador fica se "esquentando" esperando a chegada do que vai ser substituido. A única coisa que não retornou do jogo anterior foi a possibilidade de "acertar" os reporteres que ficavam no fundo do gol - uma pena!

Até o "timer" recebeu um novo cuidado e agora mostra um gráfico redondo que vai decrescendo ao passar da partida.

Jogabilidade

Esse talvez seja o ponto mais positivo do jogo. A Inteligência Artificial do jogo foi melhorada consideravelmente e alguns vexames que ocorriam do goleiro levar um gol do meio de campo são quase passado aqui - ainda é possivel fazer esse tipo de gol mas é muito mais dificil. Fazer efeitos na bola ficou muito mais fácil, incluindo até os tiro de meta batidos.

Pequenas "firulas" foram adicionadas também: apertando o botão de correr rapidamente, o jogador dá "pedaladas" por cima da bola e depois é possivel escolher uma direção na qual ele vai correr com a bola; com a bola parada é possivel fazer embaixadinhas com os botões de tocar e cruzar; e o "chapéu" também está presente com o mesmo comando do jogo anterior.

A parte tática foi 100% expandida: agora os jogadores são divididos em posições (Lateral, Volante, Centro-Avante, Atacante, Zagueiro), fazendo com que suas habilidades sejam bem distintas uns dos outros e a sessão de táticas em campo e posicionamento dos jogadores é totalmente customizável, aumentando consideravelmente as estratégias em campo - possibilitanto até você colocar 1 jogador do seu time para marcar outro do time adversário o tempo todo em campo.

Se na versão anterior não era possível acertar um carrinho no goleiro, aqui você pode - então tome cuidado, porque quase sempre isso resulta em um cartão vermelho! Na cobrança de faltas e escanteio a animação continua rolando na tela, não mais "cortando" como no anterior, possibilitando assim cobranças rápidas de surpresa. E a última novidade: é possivel jogar com outro jogador contra a CPU, cada um fica com um cursor de cor diferente em campo.

Já os modos de jogo são basicamente os mesmos modos do anterior (International Cup, World League e Scenario Mode), porém expandidos e com uma nova opção de criar campeonatos customizáveis ao seu bel prazer.

Seleções e Estádios

Expandiu-se o "host" de seleções para 36, trazendo dessa vez os outros times que haviam se classificado para a copa do mundo (com excessão da Arábia Saudita mais uma vez) e alguns países novos como a Croácia.

Na versão japonesa do jogo, são apenas 3 abas com seleções européias (totalizando 18) e ao invés dos times asiáticos virem juntos com os africanos, foi criada uma aba só para eles com 4 seleções que não estão presentes nas versões americana e européias (são elas China, Arábia Saudita, Uzerbaijão e Emirados Arabes Unidos). Por sua vez, os times asiáticos se mantiveram os mesmos, porém estão na mesma aba com as 3 seleções da América do Norte (Canadá não estava presente nas outras versões).

A América do Sul ganho uma aba completa com 6 países, dos quais Paraguai e Bolivia não estavam nas outras versões. Abaixo você pode conferir uma "belíssima" montagem com os times das versões mundiais e os exclusivos da versão japonesa:


Dessa vez foram colocados 8 estádios diferentes com suas próprias medidas e detalhes no campo. Também é possível escolher a hora da partida (manhã, tarde ou noite) bem como as condições climáticas (sol, neve ou chuva). Esses elementos influenciam na velocidade com que a bola rola pelo campo, fazendo com que passes e chutes fiquem mais eficientes ou não, dependendo do caso.

Aqui vocês podem conferir outra linda tabela com os estádios e suas dimensões:



Som

Pequenos comentários foram adicionados, como "Down the wing!" (Descendo pela lateral!), "It's a biiiiiiig kick!" (É um chute forte!) e "Blocked shot!" (Chute bloqueado), dando um pouco de imersão do jogo - porém as vezes o comentário é falado com um pouco de atraso dando um certo ar de comédia à partida. O som da torcida também ficou mais limpo e presente e eles fazem muito barulho quando acontece um gol.


Versões Lançadas

Dessa vez, o jogo foi portado para outras plataformas oficialmente pela Konami. A primeira plataforma além do Super Nintendo foi o Mega Drive, em Dezembro de 1996 (mais de 1 ano depois do lançamento original) pela Factor 5. Nessa versão, algumas coisas se perderam no caminho: o som não ficou tão nítido quanto o original e alguns comentários perderam um pouco a "emoção". A IA também foi piorada aqui, fazendo com que goleiros mesmo no level 5 dêem algumas furadas incriveis! Tirando esses ocorridos, o jogo se manteve identico na jogabilidade e nos times disponiveis.

Alguns meses depois, em Fevereiro de 1997, a Konami da Europa lançou uma versão para o PlayStation e usou alguns benefícios do CD para adicionar uma narração mais completa e participativa, falando até o nome dos jogadores as vezes, e sprites com mais animação e vibração também.


Hacks

Se no jogo anterior que era mais simples e recebeu diversas modificações, o que diria a sua continuação? Novamente no Brasil e na Argentina surgiram diversas modificações com campeonatos regionais e até mesmo um chamado "Ronaldinho Soccer" que recebeu as edições 97, 98 e 99! Apesar dos jogos não serem licenciados pela Nintendo (lógico!), alguns deles eram mais conhecidos que o próprio jogo original.


Algumas imagens e videos das versões lançadas:

Super Nintendo:


Mega Drive:





PlayStation:



Menção Honrosa

Em 23 de Novembro de 2001, a Konami lançou no Japão o jogo "Jikkyou World Soccer Pocket", que viria a se chamar "International Superstar Soccer" na Europa e não veria um lançamento americano no Game Boy Advance. Esse jogo nada mais é do que uma versão atualizada da versão "Deluxe" com narração mais elaborada, sprites com um pouco mais de animações do que o original e escalações atualizadas.

Mas nem tudo são flores aqui: a jogabilidade teve que ser adaptada para os 4 botões do portátil e devido a um certo incomodo no controle (o botão de dar carrinho era o mesmo de tocar a bola por exemplo, enquanto o de roubar a bola sem falta era o de chutar à gol) acabou tirando um pouco do brilho desse lançamento, e conforme supracitado acabou não sendo lançado aqui nas Américas.

Em 24 de Janeiro de 2003, foi a vez de "Jikkyou World Soccer Pocket 2" ser lançado no Japão, que foi lançado como "International Superstar Soccer Advance" na Europa e mais uma vez não foi lançado nas américas no Game Boy Advance. Essa versão embora faça referência aos antigos jogos da série, ele trás uma engine gráfica totalmente nova com físicas e jogabilidade revisitadas.

Aqui a coisa ficou mais feia: a física era realmente estranha e o peso da bola era bastante esquisito, a jogabilidade ficou muito dura e trava, atrapalhando no desenvolvimento de jogadas fáceis e até mesmo passes e os gráficos ficaram muito simples mesmo se comparado ao lançamento anterior. Talvez por esses fatores, a Konami tenha decidido não lançar o jogo nas américas mas vale uma certa curiosidade porque eles são os verdadeiros sucessores espirituais da série clássica.

Ambos foram criados pela Major, a mesma produtora dos 3 jogos da série para o Nintendo 64. Uma outra pequena curiosidade sobre esses dois jogos: o narrador nada mais é do que Jon Champion, que mais tarde viria a ser o narrador oficial britânico da série "Pro Evolution Soccer", também da Konami.


Aqui vão algumas imagens e videos dessas versões:

Jikkyou World Soccer Pocket:





Jikkyou World Soccer Pocket 2:




E por hoje é só. E ai, gostaram de uma postagem sobre jogos de esportes? Se sim, ou não, deixem o seu comentário abaixo para eu ficar sabendo da sua opinião, pois eu adoro vários outros jogos clássicos baseados em esportes que não são apenas futebol e eu acho que dariam excelenes posts aqui no blog. Tudo depende de vocês...

Semana que vem, eu vou falar sobre mais um jogo de luta do Neo Geo (eu prometo que vai ser o último esse ano) que é continuação de um clássico da plataforma mas pouca gente jogou ou ouviu falar sobre ele. O post vai ser como de costume, fichas, estágios, tudo completinho pra não faltar nada. Desculpem se estou focando muito em jogos de luta esse ano, é que eu estou preparando algo "grande" pra ano que vem aqui no blog e pra isso eu necessito falar de todos esses jogos antes de falar o que me interessa! Um pouco de paciência galera, prometo que vou variar mais no futuro!

Vejo vocês na semana que vem!

Sigam-me os bons! \o\~~~~~~

5 comentários:

  1. S E N S A C I O N A L!!

    Excelente matéria!!!

    ResponderExcluir
  2. a evolução de um game que já era excelente e a versão Deluxe o melhorou ainda mais. cara, nem imaginava que tinha no PS1. pensei que só houvesse Wing Eleven no console...no game boy advance, vou procura-lo, já que tenho o portátil

    continue assim, cara.

    ResponderExcluir
  3. Esse jogo me traz boas lembranças e até hoje eu jogo no emulador.Quem nunca imitou a abertura do jogo soltando um "DeeeeLuxe!!"? rs
    Mas tbm não imaginava que tinha saído pro PS1!Fiquei surpreso e curioso pra jogar agora!
    Parabéns mais uma vez pelo post,cara!Sem dúvidas um dos melhores blogs sobre games clássicos.Continue com o belo trabalho!

    ResponderExcluir
  4. Sério mesmo que tem quem prefira o título anterior ao Deluxe? OK, gosto é gosto. Eu fico com esta versão aí, bem mais bacana! E acho que todos que conheço que curtem ISS pensam desta forma também.
    Não lembrava que só nesta versão é que tem a possibilidade de dar carrinho no goleiro.
    "It's a biiiiiiig kick!" = "FORTE GOMBA"??? hehehe
    A versão do SNES parece melhor graficamente que a do Mega, né? Na época eu não lembro de ter percebido isso. Uma pena que não tenho mais o cartucho pro console da SEGA, acabou caindo naquele caso de empréstimo sem devolução. Raios!
    E curti sim os posts sobre jogos de esportes, muito embora eu não goste muito de alguns esportes que nem o tal do futebol americano e basquete (este último tem a ressalva do Lakers vs Celtics do Mega que por algum milagre eu curtia). Agora futebol, tennis, golf, volley, ... acho que seria legal postar sobre jogos destes esportes! :)
    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Bela matéria, velho. Parabéns!

    E poxa, os japorongas sempre fizeram umas capas muito bonitas pros seus jogos, hein? As do ISS são maravilhosas. Não as conhecia.

    Valeu!

    ResponderExcluir