quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Ninja Gaiden


Ninja Gaiden (Tecmo, Nintendo 8-bits / Hudson, PC Engine) - Lançado em Dezembro de 1988 no Japão, é um jogo de plataforma 2D aonde você controla o ninja Ryu Hayabusa que viajou até a América para vingar a morte de seu pai. Em Janeiro de 1992, a Hudson portou o jogo para o seu console aonde os gráficos e o som sairam ganhando de longe da versão do Nintendinho, porém as baixas vendas do jogo fez com que ela não lançasse mais jogos da série na plataforma. Ambos estão disponíveis no Virtual Console do Nintendo Wii, porém a versão do PC Engine está disponível apenas no Japão.

A jogabilidade do jogo é bem simples: com um botão Ryu pula e no outro ele ataca com a sua espada. A energia de Ryu é representada por uma barra de life. A medida que você avança pelo cenário, há vários power-ups espalhados, que dão vários poderes à Ryu que são ativados segurando pra cima no direcional e apertando o botão de ataque e consomem uma parte da sua barra espiritual.

Entre esses power-ups estão shurikens, estrelas-de-vento, um ataque aéreo que ele gira várias vezes acertando tudo e todos que tocarem nele e a "bola de fogo" que é atirada para cima. Outros itens também podem ser achados como um espelho que paraliza todos os inimigos e projéteis por 5 segundos, pontos extras, poções que enchem 6 unidades de life, invencibilidade e vidas.

Ryu também tem a habilidade de pular em escadas e paredes, e utilizando o direcional você pode descer as escadas ou ficar pulando nas paredes até alcançar a altura desejada. Outra coisa que será um dos seus principais inimigos durante o jogo é o contador de tempo, então não vá enrolar demais em uma área porque se você não completa-la à tempo vai er que repeti-la novamente desde o começo.

Uma das coisas que mais chama a atenção no jogo são as cutscenes: na época, algo pouco usado nos jogos que se tornou essencial nos jogos da série. Sempre que algum diálogo importante ou alguma cena dramática vai acontecer, aparecem diversas dessas cenas com sprites desenhados e texto embaixo. São mais de 20 minutos dessas sequencias contidas no cartucho e foram também as primeiras a serem usdas em um jogo de Nintendinho.

Porém, nem tudo são flores e jogadores com pouca paciência ou falta de habilidade no controle vão desistir de Ninja Gaiden cedo, cedo. O jogo é bastante dificil, podendo até irritar alguns jogadores hardcores. Pra se ter uma idéia, a última fase só pode ser terminada se você fecha-la de uma vez, ou seja: se você estiver na terceira parte do último chefe e morrer você vai voltar pro começo da fase e terá que repetir tudo novamente!

Porém os mais bravos irão deixar isso de lado até conseguir terminar e ver a linha cena final com direito à um final "hollywoodiano" merecedor de vários oscars na época. Para aqueles se perguntam sobre a versão do PC Engine a única real diferença entre os dois ports é que o do PCE tem gráficos e trilha sonora superior, o resto está exatamente igual! São 6 ACTs, fazendo um total de 20 fases com cada ACT finalizando com um chefe.

Algumas imagens e videos do jogo:

Nintendo 8-bits:







PC Engine:






Para aqueles mais curiosos que forem jogar a versão do PC Engine e não souberem japonês, assim como eu, não se apavorem! Há um truque escondido no jogo no qual você aperta os botões I e II e depois Select (na tela título) e então são habilitadas legendas em inglês no jogo todo! Vai saber porque a Hudson quis transformar isso em um truque né...

Continuando, agora vou mostrar o Arcade que deu à origem a esse belíssimo jogo de Nintendinho - que até hoje é considerado por muitos um dos melhores jogos com tema de ninjas já feito. Porém a gente não pode falar a mesma coisa sobre a versão Arcade...


Ninja Gaiden (Tecmo, Arcade) - Lançado nos arcades americanos em 1988, foi o primeiro jogo que trazia o personagem Ryu Hayabusa como protagonista, um beat 'em up clássico aonde você tinha que acabar com os planos do malvado Bladedamus, descendente de Nostradamus que procura seguir as profecias para o fim do mundo.

O jogo pode ser jogado de 2, com o player 1 controlando o ninja com roupa azul e o 2 o ninja de roupa laranja. A jogabilidade era baseada em 3 botões: arremesso, atacar e pular. Não pense que porque essa versão é outra que ela é mais fácil: ela pode ser ainda mais difícil que a do Nintendinho.

Os ataques são os seguintes: sequencia de 3 hits, chamada de "Triple Blow Combination"; o ataque feito enquanto salta chamado de "Flying Neck Throw"; apertando o botão de arremesso em certas partes do cenário vai acatar no "Hang Kick" e se pendurar em uma barra pode ser feito o "Tightrope Walk". A última técnica é a "Phoenix Backflip", que é feita por apertar o botão de arremesso enquanto anda de cara com uma parede, fazendo o ninja dar um salto para trás e enganando todos.

São 5 estágios baseados em cidades americanas: Los Angeles, New York, Las Vegas e Grand Canyon. A outra fase é uma rodovia trans-estadual. A última fase é o esconderijo dos inimigos, que não é msotrada a localização exata.

Versões caseiras foram lançadas pela Ocean Software em 1990 para Amiga, Atari ST, Commodore 64, ZX Spectrum e Amstrad CPC na Europa, enquanto que na América foi lançado para IMB PC pela Hi-Tech Expressions. Uma versão para Atari Lynx foi lançada pela Atari também. A versão Arcade está contida como um jogo escondido em Ninja Gaiden Black para Xbox e também foi lançada para o Virtual Console do Wii em 2009 com algumas pequenas mudanças.


Algumas imagens e videos do jogo:

Arcade:


Atari Lynx:


Video comparando todas as versões caseiras:



Antes de continuar com o post, aqui vai uma pequena curiosidade sobre Ninja Gaiden: a Tecmo liberou a licensa do jogo para a Sega em 1991 e a mesma começou a desenvolver jogos para 3 plataformas: Game Gear, Master System e Mega Drive. Enquanto os dois primeiros tiveram suas versõse lançadas, a do Mega Drive foi cancelada devido à Sega focar no novo jogo de Shinobi que estava pra sair na época (Shinobi III) e não acabar confundindo os jogadores com 2 jogos tão parecidos na época.

Explicando: a demo de Ninja Gaiden foi usada como base para as primeiras imagens de Shinobi III, sendo que no meio do desenvolvimento do jogo a Sega cancelou o Ninja Gaiden e mudou completamente tudo de Shinobi III, voltando a usar como base o jogo Revenge of Shinobi, apenas adicionando novos efeitos gráficos e melhorando a jogabilidade. No video acima ele mostra um pouco sobre a BETA que vazou na internet e pode ser achado no formato ROM pra você testar em emuladores de Mega Drive.

Agora para terminar o post, vocês irão conhecer as duas versões de Ninja Gaiden lançadas pela Sega...


Ninja Gaiden (SIMS, Master System) - Lançado em 1992 no Master System sob licensa da Tecmo, esse jogo reuniu tudo o que tinha de melhor da versão do Nintendinho, porém criando uma história e personagens novos, mantendo apenas o nome do protagonista como Ryu Hayabusa.

Essa versão trazia tudo o que a versão do Nintendinho tinha de memorável: cutscenes, trilha sonora ótima e jogabilidade precisa. Porém, não no mesmo nível. As cutscenes são mais simples embora tenham imagens mais bem definidas que o original, a trilha sonora é um pouco genérica e a jogabilidade não seja tão rápida quanto à original.

Nessa versão, Ryu  é um membro do Clã dos Dragões Ninja, que protegem o Japão à gerações. Um dia, longe de sua casa, ele recebe uma mensagem dizendo que a Vila Dragão foi totalmente massacrada. Ele sai correndo até lá só para descobrir que todos da vila foram mortos, exceto uma pessoa. O último sobrevivente diz para Ryu nos seus momentos finais que o pergaminho do Bushido foi roubado.

O pergaminho do Bushido é um poder tão forte que quem o usar poderá controlar o mundo. Como último membro de seu clã, Ryu deve embarcar em uam jornada para recuperar o pergaminho do Bushido das mãos do Shogun da Escuridão e seus seguidores.

A única diferença notável na jogabilidade é que a habilidade de subir paredes foi trocada por uma habilidade similar de pular de parede em parede, deixando assi ma escalada mais desafiadora.

Embora o jogo seja muito bom, ele nunca foi lançado fora de regiões PAL (Europa e Austrália). Uma coisa notável é que a dificuldade foi bastante diminuida nessa versão para alcançar um número maior de jogadores.

Algumas imagens e videos do jogo:






Sem mais delongas, vamos a última versão do jogo que foi lançada para Game Gear...


Ninja Gaiden (Sega, Game Gear) - Lançado em 1 de Novembro de 1991 em todo o mundo, foi o primeiro jogo portátil da série Ninja Gaiden e também o primeiro que foi lançado com o mesmo título em todo o mundo; no Japão o jogo se chamava Ninja Ryuukenden e na Europa se chamava Shadow Warriors nas outras versões.

A história aqui é bem simples e direta: Ryu Hayabusa tem que impedir que um grupo que tentou destruir a sua vila comece uma Terceira Guerra Mundial com os poderes de sua espada. Nesse jogo, sua espada tem poderes além da imaginação e nas mãos erradas

Mesmo sendo uma versão portátil, a Sega manteve tudo o que a série tinha de bom nos consoles. Há cutscenes bem feitas, a jogabilidade é bem precisa, embora Ryu ande de uma forma meio estranha nessa versão, e o som passa um pouco despercebido porque as composições são bem fracas.


Algumas imagens e videos do jogo:






E por hoje é "só". Na semana que vem estou planejando um post igual à esse, só que falando de todas as versões lançadas de Ninja Gaiden II. Não se preocupem que tem menos versões lançadas e a leitura vai ser menos cansativa. E também não comentei muito sobre Ninja Gaiden Trilogy do Super Nintendo porque estou aguardando um momento oportuno para fazer o mesmo sem carregar demais a leitura.

Para aqueles que estão se perguntando: "e a versão do Xbox?". Ai vai: ela faz parte de uma nova cronologia, que até tem ligações com a série Dead or Alive e não tem ligação nenhuma com os jogos clássicos, por isso ele não foi comentado nos reviews.

Lembrando que esse post foi pedido pelo @danielpio pelo Twitter e vocês podem fazer o mesmo e pedir matérias sobre os seus jogos favoritos que todos os pedidos serão atendidos no seu tempo! Vejo vocês na semana que vem!

Sigam-me os bons! \o\~~~~~~

9 comentários:

  1. simplesmente fodastico *_________*
    [carachapadu]

    ResponderExcluir
  2. Muito foda, curti demais o modo que demonstrou as versões do jogo, o foda é que normalmente ao invés de melhorarem um jogo "bom", eles costumam cagar mais e mais... Ninja Gaiden nunca foi meu forte, prefiro os beat'em ups mais malucos tipo Cadillac and Dinossaurs ou mesmo Battle Circuit xD

    ResponderExcluir
  3. Foi um dos primeiros jogos que joguei no meu Top Game. ( Aquele de 2 entradas ). Este jogo testou muito a minha paciência. Ainda me lembro quando ia pular um buraco, vinha aquela águia maldita e me jogava dentro dele. A vontade que eu tinha era de quebrar o cotrole. Velhos tempos. Old School Rules!!

    []'s

    mp3game.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. @danielpio
    Parabens pelo post!!! Esse foi um dos primeiros games que eu joguei no meu TopGame qdo criança e que eu mais gostava apesar de ser bem dificil.Essa rom beta para o Mega eu não conhecia vou procurar na net.
    Sugestão: Acrescenta nos proximos post curiosidadaes sobre o game.
    Valeu.

    ResponderExcluir
  5. Eu não poderia deixar de falar das músicas deste game. Demorei muito para terminar. E tenho que confessar uma coisa, quando escutei a música dos créditos finais eu chorei. Tanto pela música quanto pela emoção de ter terminado o jogo.

    Uma curiosidade, foi um dos primeiros jogos que tinha uma fase no Brasil. A fase da Amazônia.

    Abraço a todos.

    mp3game.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Que bom que vocês gostaram galera! O meu "pagamento" é a gratidão de vocês (e também quando me ajudam com mais conteúdo pro post!)

    ProtoMorphos - obrigado mesmo pelas curiosidades! E quanto a música eu quase chorei também, mas foi de alegria/raiva depois de 1000 tentativas de matar o chefe final! kkkk

    Abração!

    DanielPio - eu vou adicionar curiosidades da série inteira no último post ok? Já achei umas coisas muito legais que você vai curtir!

    ResponderExcluir
  7. Cara Ninja Gaiden eu acho muito legal. Tenho um carisma muito grande pela versão de Master System, mesmo que eu tenha terminado as 3 versões de NES eu gosto mais da versão do Master. Matéria bombada hein, gostei muito mesmo. Continue assim carinha!

    ResponderExcluir
  8. Muito bom!

    Ainda não tive tempo de terminar Ninja Gaiden... nenhum deles, acredita? E fiquei muito curioso quanto a versão de Master. Parece belíssima!

    Grande texto, mas não se preocupe, está longe de ser cansativo.

    Arrasa Nem!

    ResponderExcluir
  9. Da versão 8bits, a do Master é a melhor (inclusive tenho completa no meu Blog) ralei pra zerar essa bagaça mas compensou. Acho que todas as versões desse game são difíceis, que o diga quem zerou Ninja Gaiden Black e Sigma!
    Abraço!

    ResponderExcluir